Famílias recebem apoio para trabalhar fora do país

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

 
As incertezas no mercado internacional têm reduzido o número de expatriados brasileiros. Com investimentos mais restritos, algumas empresas apostam no respaldo ao profissional para que a emigração tenha margem mínima de erro. 
 
Mudar com a família e ter ajuda para mantê-la com conforto foi um dos motivos que levaram o executivo da Whirlpool Claudio Schupp, 45, a se mudar para os EUA. Casado e pai de duas meninas de oito e nove anos, ele discutiu em casa os prós e os contras da viagem. Pesaram na análise ascensão na carreira, custeio da transferência da família, treinamento intercultural e subsídio para aluguel e escola das filhas. 
 
Os Schupp tiveram ainda ajuda de um consultor 24 horas, que mostrava como abrir conta em banco ou onde encontrar alimentos específicos no supermercado. 
Iniciativas como essas têm como objetivo facilitar a adaptação e fazer os profissionais perderem menos tempo com preocupações que não estejam relacionadas ao trabalho. 
 
"O maior índice de insucesso está ligado à adaptação, que é facilitada com a presença da família", justifica Lilian 
Graziano, professora de gestão de pessoas da Trevisan Escola de Negócios. Com mais conforto, avalia Celso Bazzola, diretor-executivo da consultoria em RH Bazz, intensifica-se o "olhar positivo" que o funcionário tem da empresa. "Mas isso não garante fidelidade eterna." 
 
ADAPTAÇÃO
Os preparativos começam cedo. Seis meses antes de embarcar para Taiwan, Cleber Genero, gerente-geral de operações da Bematech, de soluções tecnológicas, teve treinamento cultural e auxílio para escolher o apartamento e a escola do filho de 13 anos e do enteado de 12. A mulher deixou o emprego como consultora SAP e os quatro ficaram quase três anos na Ásia. "O ganho maior foi para meus filhos, que cresceram culturalmente." 
(CM) 
 
BENEFÍCIOS MAIS OFERECIDOS 
- Auxílio para encontrar apartamento e escola 
- Curso intercultural, sobre a cultura do destino 
- Suporte para obter documentação e levar móveis 
Fontes: consultores de RH 

 

Índice

 

Servios BAZZ

 
BAZZ, Estratégia e Operação de RH - Entre em contato conosco e veja detalhes

www.infonova.com.br